Restoque - Relações com Investidores Mobile

Restoque adquire a marca Rosa Chá


Restoque adquire a marca Rosa Chá

A Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. (BM&FBovespa: LLIS3) ("Companhia"), informa a seus acionistas e ao mercado em geral que foi concluída em 10 de julho de 2012 a aquisição pela Companhia da marca Rosa Chá.

Sobre a marca Rosa Chá

A marca Rosa Chá foi lançada no mercado em 1993 por um empresário brasileiro e focou-se em beachwear, tendo também produzido uma linha esportiva fashion. A operação foi iniciada com uma loja própria e, após a expansão da rede de lojas, iniciou-se também o processo de abertura de lojas franqueadas. Além desses canais, os produtos da marca Rosa Chá foram vendidos em lojas multimarcas localizadas no Brasil e no exterior. Em 2006 a marca Rosa Chá foi vendida para um grupo industrial / têxtil brasileiro, que operou a marca até esta data.

A marca Rosa Chá atingiu grande prestígio no Brasil e no exterior, tendo participado de inúmeros desfiles nas fashion weeks de São Paulo e Rio, além da New York fashion week. Além disso, a marca obteve reconhecimento internacional, tendo sido usada por celebridades de todo o mundo e reconhecida por veículos especializados, como Vogue America, Harper‘s Bazaar (América), Vogue Brasil, Elle e muitos outros.

Sobre a Aquisição

A aquisição teve por objeto somente a titularidade da marca Rosa Chá. Nenhum outro ativo ou passivo foi adquirido, bem como não há qualquer assunção de responsabilidades ou funcionários pela Companhia. O valor total da aquisição foi de R$ 10 milhões.

Estratégia para a marca Rosa Chá

Até recentemente, a marca Rosa Chá distribuía seus produtos através de uma pequena rede de lojas franqueadas e próprias. Esses canais, que eram operados pelos vendedores da marca, são desativados com esta aquisição.

Seguindo os passos da estratégia bem sucedida adotada nas aquisições das marcas Bo.Bô (2008) e John John (2011), a Companhia pretende:

(i) expandir a linha atual de produtos da marca Rosa Chá, que passará a ter foco em vestuário esportivo (fitness), casual/esportivo e casual, além da continuidade de sua linha de beachwear;

(ii) iniciar, no segundo semestre de 2013, a distribuição de produtos da marca Rosa Chá através de uma rede de lojas próprias com a abertura de 10 lojas próprias, além de vendas no atacado para lojas multimarcas;

(iii) operar lojas da marca Rosa Chá com uma linha ampla e adequada de produtos e com uma área média de cerca de 200m2;

(iv) elaborar um plano de expansão de longo prazo com potencial para pelo menos 100 lojas no Brasil.

Em função da relevância da marca e do portfolio de produtos que vislumbramos para a marca Rosa Chá, vemos um bom potencial para abertura de lojas desta marca em todo Brasil. O cronograma e planejamento de abertura dessas lojas dependerão de estudos de mercado e discussões internas específicas, sendo oportunamente informados ao mercado.

Racional da Aquisição

A aquisição da Rosa Chá está alinhada com a estratégia da Companhia de foco no crescimento orgânico de seus negócios. Conforme demonstrado pela experiência de crescimento da Companhia através da abertura de novas lojas próprias, o crescimento orgânico tem uma relação entre valor investido (capital fixo e circulante) e EBITDA gerado mais favorável, resultando em um melhor retorno sobre o capital investido. Desta forma, a Companhia optou pela aquisição de uma marca forte, porém sem operação e com alto potencial de crescimento orgânico.

Notamos várias semelhanças entre esta aquisição e as aquisições das marcas Bo.Bô e John John. Na época de sua aquisição, a Bo.Bô tinha apenas uma pequena loja, que funcionava também como showroom. Cerca de 6 meses depois da aquisição, foi aberta uma nova flagship da marca, com expansão e readequação de sua linha de produtos, que deu inicio à sua expansão para as atuais 39 lojas. A Bo.Bô teve, no primeiro trimestre de 2012 vendas em lojas comparáveis (same-store sales) 32% superiores ao mesmo período de 2011 e alcançou margens operacionais acima da média da Companhia.

A marca John John possuía, na época de sua aquisição, uma linha limitada de produtos, focada principalmente em jeans e operava com distribuição apenas através de atacado para lojas multimarcas. Depois de expandirmos o portfolio de produtos da John John para itens dentro do conceito de jeanswear (alinhados com a imagem da marca), inauguramos 11 lojas próprias dessa marca desde fevereiro de 2012. A abertura dessas lojas teve grande e positiva repercussão e a performance de vendas das lojas até o momento tem sido muito positiva e acima do planejado.

A marca Rosa Chá é complementar às marcas atualmente detidas pela Companhia (Le Lis Blanc, Noir Le Lis, Bo.Bô, John John e Le Lis Beauté). A aquisição aqui informada em nada altera os planos de expansão para as nossas marcas, que continuam em curso conforme divulgado anteriormente ao mercado. Para esclarecimentos adicionais, favor entrar em contato com a Diretoria de Relações com Investidores da Companhia.


Fale com RI

Telefone: (+5511) 2149-2685
E-mail: ri@restoque.com.br